Google News, Sites de Notícia e o SEO

O Google News representa uma quantia relevante da audiência de qualquer portal de notícias na internet, pode ser responsável por até 20% das visitas desse tipo de site. É fato que para um portal de notícias obter maior visibilidade é imprescindível que as notícias publicadas em seus sites apareçam nessa fonte que reúne vários outros sites semelhantes.

Contudo, ser reconhecido e indexado pelo Google News não é o bastante. É possível perceber que se você busca no mecanismo de busca do Google por alguma palavra-chave relacionada a alguma notícia, alguns sites aparecem frequentemente na frente de outros. Sendo assim, fica claro que há aparentes métodos de classificação e isso precisa, certamente, ser levado em conta.

Em minha opinião essa é uma das oportunidades de se trabalhar o SEO. Assim, apresentarei neste artigo alguns conceitos básicos sobre a ferramenta, alguns dos requisitos para que apareça nas listagens e algumas dicas fundamentais. Essas dicas se baseiam na própria ajuda do Google News e em minha experiência com o trabalho de SEO em portais de notícias.

O que é o Google News

O Google News como eles mesmos se definem é “um site automatizado de notícias”. O funcionamento deste site consiste em obter manchetes de sites de notícias e publicá-las.

Imagem 01: Capa do Google News. Resultados de várias fontes e sites importantes de notícias do Brasil. O mecanismo de notícias mostra o título da notícia, um breve resumo e as fontes que noticiaram os acontecimentos.

Os resultados também aparecem na busca orgânica do Google, quando as pessoas buscam por termos relacionados com notícias.

Imagem 02: Visualização de notícias relacionadas a uma determinada palavra-chave através dos resultados nos mecanismos de busca.

É importante para um site noticioso figurar no Google News, tanto em sua capa principal quanto nos resultados do mecanismo de busca do Google. Trata-se de uma audiência relevante para as editorias que compõem sites de conteúdo jornalistico. Perceba que os sites mais importantes de notícias do Brasil estão no Google News, como: R7, G1, Estadão, Band, dentre outros.

O básico para aparecer no Google News

As premissas convencionais do SEO continuam a valer. Popularidade, conteúdo, requisitos técnicos também. Mas, além desses, há alguns que devem ser observados para que exista um efeito classificatório relevante que traga vantagem competitiva para o site.

Uma das primeiras coisas que devem ser feitas para que um site de notícias apareça, caso ainda não esteja, é o cadastro na ferramenta. Nesse formulario de inclusão do Google News devem ser incluidas informações, como:
  • Se trata realmente de um site de conteúdo;
  • O número de editores que o site possui;
  • Lista de autores e editores;
  • Região que o site abrange;
  • Informações para contato, os responsáveis do site, etc.
Por experiência própria, percebi que responder esse formulário é muito importante para que seja possível efetivar toda a indexação de notícias no Google News.

Há alguns pontos técnicos importantes também que devem ser observados:
  • URLs únicas: cada notícia deve ter sua URL (como páginas de produtos em um e-commerce) e é recomendável que se trate de uma URL amigável, com palavras-chave relacionadas com o conteúdo. Atentem para o fato de que muitos geradores de conteúdo de sites jornalísticos reproduzem na URL o título (title do navegador);
  • Notícias recentes: uma das maiores premissas do Google News é entregar as notícias mais recentes comentadas e buscadas pelos internautas. Sendo assim, sites de notícias com grande poder de atualização terão alguma vantagem, principalmente porque as pessoas vão buscar mais informações sobre as notícias mais recentes através da Internet. Na página das notícias, vale à pena também fazer pequenos "updates" e disponibilizar links para outras páginas que possam complementar o assunto;
  • Sitemap News: conhece o sitemap.xml? Então, tem também o sitemap para o Google News. Trata-se de um protocolo específico para a indexação de notícias e que vai colaborar diretamente para que o mecanismo de busca faça a indexação de novos conteúdos assim que eles vão para o ar. Se o portal possui uma estrutura de links internos (como comento a seguir) essa por si só já pode garantir a indexação das notícias recentes e importantes. Sendo assim, o Sitemap News não é algo exatamente obrigatório, mas pude perceber que trabalhar Sitemap News (se o custo desse trabalho não for alto) junto à estrutura de links internos é quase como um seguro para que toda indexação seja garantida;
  • Links Internos: sabe-se que todas as regras de SEO acabam valendo para que o site consiga alguma vantagem através do Google News. Um requisito que deve ser observado é o da estrutura interna do site, ou seja, se há links apontando para a página das matérias mais importantes (uma garantia maior para a indexação), como esses links são formados, etc;
  • Palavra-chave: se você faz uma busca na Internet, quer encontrar uma página que possua o que está procurando. Sendo assim, se você procura uma notícia sobre um artista famoso, certamente irá encontrar uma matéria que em algum momento cite o nome do artista. Dessa forma, manchetes como "Fulano, ator da rede x é preso em São Paulo" é mais atrativa do que "Ator de emissora conhecida é preso". Uma manchete possui palavras-chave que irão colaborar para que o robô entenda a informação, enquanto a outra é um pouco mais "mística";
  • Sinal social: em minha opinião é uma aposta. No trabalho de SEO você precisa imaginar o que acontecerá amanhã. Por isso, creio que se os mecanimos de busca ainda não utilizam o sinal social para a colaborar com o posicionamento de notícias, no futuro utilizarão. E se hoje já ultilizam, a tendência é que fique mais forte. Dessa maneira, pense em formas de aumentar o sinal social do autor perante a notícia e como será vinculado/viralizado nos sites de redes sociais.

Evangelização perante o trabalho de SEO

Quem escreve o conteúdo? Quem são os responsáveis pela elaboração estrutural das editorias? É realmente muito importante conhecer e se relacionar com esse pessoal, tratar o SEO na cultura da redação, o SEO precisa estar em seu DNA.

Promover reuniões de modo a mostrar para os jornalistas como o mecanismo de busca reconhece as informações no conteúdo de uma página, discutir particularidades do gerenciador de conteúdo que eles utilizam e como podem colaborar para o trabalho de SEO, afinal, eles que geram o conteúdo que na minha opinião é o principal pilar do SEO moderno. Isso não acontece sem uma aproximação, treinamentos, metas, etc.

Digo isso por experiência própria. A questão é que quem escreve o conteúdo (isso não somente em redações jornalísticas) geralmente não tem muito conhecimento sobre como os mecanismos de busca reconhecem as informações. Ele entende a importância disso, mas dificilmente sabe como acontece ou tem uma concepção totalmente errônea de como funciona. Logicamente, com a evolução do SEO e sua popularização, isso está se tornando menos comum.

Em muitas reuniões e treinamentos, em todos esses anos trabalhando com SEO, conheci muitos jornalistas e percebi que treinamentos com duas ou mais horas de duração não adiantavam. Imagine que, para os profissionais de SEO, são anos de estudo e participação em projetos para se ter o domínio e entendimento de como se faz o negócio, e isso, trabalhando diariamente com SEO. Como passar toda essa experiência para uma pessoa em uma tarde? É bem difícil, não? Sendo assim, creio que o melhor é ser um parceiro, um facilitador do entendimento de SEO dessas pessoas que escrevem conteúdo para os sites que publicam notícias, oferecer materiais, elaborar workshops, dentre outros eventos que colaborem para a evangelização do SEO dentro da redação. Isso faz a diferença. Essa é a uma das melhores dicas para aparecer bem no Google News ou na listagem convencional do Google.

E você, o que acha? Compartilhe a sua experiência!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ferramentas de Gerenciamento e Produtividade

A pirâmide invertida

LGPD: Conceitos e desafios importantes