Os sites irão acabar? (parte 2 - a convergência)

Se pensarmos, do ponto de vista web, em todas as ações de uma empresa (site, ativações em redes sociais, etc) teremos então um conjunto que poderá ser considerado, como o que gosto de chamar de "ambiente de presença online".

O offline exerce forte influência no que fazemos no mundo virtual. Pense, por exemplo, no processo de encontrabilidade de informações. Onde se inicia uma busca? No mecanismo de busca? Não, em minha opinião. Creio que o processo de busca inicia-se através de uma necessidade, que, como disse, pode se iniciar no mundo offline, no sofá de casa.

Filmes, bandas, novelas e redes sociais

Imagine, por exemplo, um filme que está passando na televisão. Ao assistir o filme, e surpreender-se com a atuação de alguma atriz ou identificar-se com o enredo, o usuário poderá acessar a Internet, procurar mais informações sobre o filme, encontrar fóruns, blogs, notícias, sites oficiais, entre outros, que complementam aquelas informações.

Exemplo Matrix no Youtube

Imagem 01: resultados para Matrix no Youtube. Muitos trechos do fime, com detalhes comentados por fãs e desenhos relacionados.

Trata-se de um comportamento comum, pois à medida que um filme ou uma determinada trilogia, por exemplo, evolui, a curiosidade do telespectador continua. Sendo assim, há a continuidade da busca por informações em outras mídias (JENKINS, 2009).

Exemplo de comunidades do filme Matrix

Imagem 02: comunidade sobre o filme Matrix. Discussões e vídeos relacionados.

No caso de uma banda, após um show é comum o fã buscar por fotos, vídeos amadores, áudio, etc. Uma banda que lança um CD com um determinado tema em suas músicas pode divulgar no site informações adicionais sobre o tema, como a maneira como uma determinada letra foi composta, etc. Trata-se de um complemento, uma adição à informação disponibilizada. Gravadoras como a Nuclear Blast, por exemplo, além de promoverem os CDs de seus artistas, possuem canais no Youtube com vídeoclipes da obra lançada:

Canal da Nuclear Blast Youtube

Imagem 03: vídeos dos artistas da Nuclear Blast.

A convergência entre mídias é mais do que uma mudança tecnológica, mas uma relação entre as diversas tecnologias. Na internet, as pessoas subordinam suas experiências individuais para fins comuns. Mesmo nesse processo de encontrabilidade de informações é possível também complementar informações e, nesse caso, a inteligência coletiva refere-se à capacidade que as comunidades virtuais têm de alavancar a expertise combinada (JENKINS, 2009).

Assim, é natural a convergência entre essas mídias, no entanto, em alguns casos é associada a um planejamento, por parte de diretores e produtores. Na televisão brasileira, pode-se citar vários exemplos. Dentre eles, a novela de Manuel Carlos "Viver a Vida", na rede Globo, que apresenta um ponto de convergência interessante. Uma das personagens possui um blog, que foi inclusive citado em um dos capítulos da novela. Nesse blog, além das palavras da personagem, é possível encontrar também comentários de telespectadores da novela. A personagem que "mantém" o blog, escreve frequentemente sobre as coisas que estão acontecendo em sua vida, de modo que é possível perceber que o blog trabalha como um complemento a informações secundárias que não possuem muita atenção e foco na novela na TV. Nos comentários, os telespectadores provocam a personagem em relação ao tema e expõem suas opiniões.

Nesse sentido, a convergência pode colaborar e trabalhar a favor do processo de busca também.

A palavra-chave nasce na necessidade

Em todo esse processo, é possível perceber que a busca nasce quando existe uma necessidade. Ninguém liga o computador à toa para entrar em algum mecanismo de busca e encontrar algo. Quando se pensa no que é importante para o posicionamento online, para esse ambiente de presença online, é preciso imaginar como as pessoas buscam informações e, como mencionei, o processo pode começar fora do ambiente virtual, em "subúrbios do mundo offline". A busca através de ferramentas e interfaces de busca na web se transforma somente em um intermediário:

Processo de busca

Imagem 04: processo de busca onde o mecanismo de busca é um dos intermediários.

Sendo assim, mesmo quando se projeta ou se imagina como um website, uma comunidade ou um blog pode ser encontrado, um processo inteiro deve ser considerado, e não somente a parte que depende só da internet. Imagine o potencial de estrutura online que um determinado empreendimento imobiliário pode ter, por exemplo. O que busca um jovem casal que procura um apartamento?
  • Informações sobre o local, comércio e lojas próximas ao prédio;
  • Detalhes sobre a vizinhança, histórico do bairro (alagamentos, acidentes, etc); e
  • Se o imóvel está sendo vendido na planta, geralmente os mais criteriosos gostam de ter acesso a detalhes da construção, principalmente sobre encanamento, parte elétrica entre outros detalhes importantes.
Sendo assim, é possível criar um ambiente de presença que colabore com o cliente em potencial:

Possibilidades para um empreendimento

Imagem 05: possibilidades de visibilidade através de alguns recursos online.

Percebam então, a importância da busca vertical. Ela acaba fazedo todo sentido, pois trará ao empreendimento a encontrabilidade merecida, de modo que também irá convergir com o que não é virtual. Então, haverá complementação e integração das ações online e offline. Penso que esse é o sentido maior de tudo.

Obs: Para escrever esse post houve uma convergência entre várias ferramentas, algumas offline e outras online. Parte da idealização aconteceu em um café aqui em Porto Alegre, enquanto eu lia o livro que utilizei como referência. Fiz algumas anotações, pesquisas e fui idealizando e organizando as informações mais importantes.

Livros, anotações e post para o blog

Todo processo criativo nasce da convergência de diversas fontes de informações. Pensem nisso!
:)
abs!

Referência
"Cultura da convergência" - Henry Jenkins, 2009

Comentários

Ricardo Miguel disse…
Na minha opinião existe muito lixo pela Internet, que deveria ser analisada de melhor forma. Contudo, existe muita informação de qualidade e nunca é demais lermos coisas diferentes sobre o mesmo assunto.
Abraço e parabéns pelo artigo.
Erick Formaggio disse…
Oi Ricardo!
Valeu pela visita, volta mais!
abs!

Postagens mais visitadas deste blog

Ferramentas de Gerenciamento e Produtividade

A pirâmide invertida

LGPD: Conceitos e desafios importantes