Meta para Google Analytics

Acredito que fica claro no Post Google Analytics, para que serve esta ferramenta e qual a importância do Google Analytics para o ramo de Web Analytics. Vou falar um pouco de configurações de meta no Google Analytics e como podem colaborar para a boa medição de estatísticas de um site.

As citações desse artigo são em sua maioria da própria ajuda do Google Analytics. Como em outras ferramentas o Google não "dá o doce", mais deixa claro o que pode e o que não, ser feito, recomendo a todos dar uma olhada.

Configurando Metas no Google Analytics

Primeiro é importante definir o que é uma "meta", palavra comum na área de Web Analytics:
"Uma meta é uma página de site que um visitante acessa depois de fazer uma compra ou realizar outra ação desejada, como cadastro ou download". - Fonte: Ajuda do Google
O Google Analytics permite a configuração de metas, quatro por perfil. Uma meta, no caso de um site de comércio eletrônico, é a compra. No caso de um site de venda de jogos pode ser download de jogos, bem como vendas de jogos também, nesse caso são duas metas. São raras as vezes em que é preciso configurar mais de quatro metas, mas caso haja a necessidade há algumas alternativas como criação de perfil clone, por exemplo.

Para o caso de um site de comércio eletrônico pode-se configurar a meta "Venda", cujo o objetivo é a página de "Compra realizada com sucesso". É importante então definir por quais páginas o usuário passa e mostrar isso ao Google Analytics.

Na tela principal clique em "editar" depois na próxima página vá em "Metas de conversão e funis de acompanhamento" e clique em "editar" novamente. Depois disso abrirá a página de "Definições da meta" onde será possível definir a meta e seu caminho.

Definições da meta

Na página de definições de meta existem dois blocos importantes de informação. O primeiro deles destinado a "Inserir informações sobre a meta". Estas estão relacionadas diretamente com a meta, como por exemplo, a página que indica o sucesso de uma operação.

definição meta
Ativação, correspondência, URL, nome e valor da meta

Basicamente devem ser declarados três campos:
  • Meta ativa, para que a meta funcione. Nesse caso basta deixar em "Ativada";

  • Tipo de correspondência, a forma mais simples é copiando a url no campo e selecionando "correspondência exata" na lista; e

  • Nome da meta, para que seja possível reconhecê-la nos dados capitados pelo Google Analytics. Coloque um nome fácil e que tenha total relação com a ação desejada.
Depois disso é necessário definir o caminho do funil em "Definir funil". É opcional, caso não tenha interesse em ver o caminho percorrido, não existe a obrigatoriedade de preenchê-lo. Por se tratar de uma informação importante recomendo que seja preenchido com as páginas que levarão até a meta, pois será possível ver onde o usuário está abandonando uma compra por exemplo.
"Um funil é uma série de páginas pelas quais um visitante deve passar antes de acessar a meta de conversão. O nome vem de um gráfico de visitantes que acessam cada página: a primeira página tem o maior número de acessos, e cada página sucessiva tem menos visitantes à medida que eles saem do site antes de chegar à meta final" - Fonte: Ajuda do Google Adwords
grafico funil
Gráfico do Funil de Navegação

Nesse item é necessário indicar ao Google Analytics por quais caminhos o usuário deverá passar para que possa chegar ao objetivo esperado, nesse caso a meta. Por exemplo: se o usuário for passar pelas páginas: "produtos.html", "otimizacao-de-sites.html" e "escolha-seo.html", coloque esses endereços nos campos.

definir funil
Definição do caminho da meta

No final clique em "Salvar Alterações" e pronto! Definido o caminho por onde o usuário deverá passar será possível visualizar o funil de navegação e entender aonde o usuário está abandonando a meta.

Mais artigos sobre Google Analytics

Google Analytics
Google Analytics no Blogger

Comentários

Anônimo disse…
Muito bom, estou acompanhado alguns post e achei de nivel espetacular!
parabens.

Postagens mais visitadas deste blog

Ferramentas de Gerenciamento e Produtividade

A pirâmide invertida

LGPD: Conceitos e desafios importantes